ago
29

Congresso Internacional de Negócios na moda reúne ciência e mercado na USP – Leste


rita wu

Rita Wu

Conheçam Rita Wu,um exemplo  de como o futuro da moda é interdisciplinar,  dedicado, e inovador. Com seus projetos que misturam arte e ciência, Rita Wu é uma sensação urbana da sua geração e tem presença confirmada nessa edição do CINM!

Fonte: site Congresso Internacional de Negócios da Moda,28 de agosto de 2017

Pano Social

pano socialCriado pela produtora de moda brasileira, Natacha Barros, e o designer austríaco, Gerfried Gaulhofer, a marca Pano Social produz roupas com algodão cultivado de forma orgânica e utiliza mão de obra de ex-presidiários para sua produção, promovendo ressocialização dos mesmos e, assim, criando uma marca que faz mais que roupas, ela muda a vida de pessoas todos os dias, causando grande impacto socioambiental.VANESSA BARBOSA. Startup PanoSocial tece moda sustentável com ex-presidiários.

Revista Exame. 12 junho de 2016

 

manifesto crespo

Manifesto Crespo

O Manifesto Crespo tem a missão de discutir como o cabelo crespo pode e deve ser encarado de uma forma criativa, desmistificando, assim, a ideia de que existe cabelo ruim. O projeto conta com workshops como oficinas de tranças e criação de estampas com inspiração no povo Akan, presentes no Oeste da África. Tudo isso feito com o objetivo de valorizar a cultura afro e suas histórias. Quer saber mais sobre esse projeto que liga os descendentes à suas reais origens? Acesse o site!

Fonte: site Manifesto Crespo 28 de agosto de 2017

Lucas Menezes D-AURA

DauraLucas Menezes , arquiteto formado pela FAU-USP, se apaixonou por moda e suas manifestações durante a faculdade. Atualmente, assina coleções de sua própria marca, D-Aura, onde mistura aspectos arquitetônicos com modelagens planas e cores sóbrias, criando peças unissex que encantam qualquer apaixonado por arte. Lucas Menezes também estará presente nessa edição do CINM mostrando sua visão sobre o futuro da moda.

Fonte imagem: Facebook marca D-Aura

LILIAN PACCE, Moda e arquitetura se cruzam na marca D-Aura, Lilian Pacce, 9 de setembro de 2016.

 

abr
28

Yayoi Kusama vem para São Paulo!

Pode acalmar os ânimos, os nervos e toda a revolta reprimida de quando achavas que as bolhinhas e formas de Yayoi Kusama não viriam para a terra da garoa! Por onde passa a mostra Obsessão Infinita atrai olhares curiosos do público, que é repleto por todo tipo de espectador.
Yayoi, para quem não conhece, é uma artista e escritora japonesa, que tem 84 anos e sofre de transtorno obsessivo compulsivo e sofre de alucinações desde a infância. Seu marco está nas bolinhas. Sejam brancas com fundo vermelho, vermelhas com fundo branco, pretas com fundo amarelo, elas são sua assinatura e fazem parte de suas telas, instalações, vídeos e performances. Já criou para Louis Vuitton e realizou notáveis exposições internacionais:  em 2011 no Reina Sofía em Madri, e no Centro Pompidou em Paris; 2012 na Tate Modern em Londres, e no Whitney Museum em Nova York.
A artista vive, por vontade própria, em uma clínica psiquiátrica em Tóquio desde 1977, onde cria e produz suas obras. Esta é a primeira exposição da artista no Brasil. A mostra ”Obsessão Infinita”  desembarca no Brasil a partir de 12 de outubro no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro e a partir do dia 21 de maio chega a São Paulo, no Instituto Tomie Ohtake.

Yayoi Luis Kusama2-e1398523213618  Yayoi-Kusama-Polka-Dots-Madness-6-e1379958373671

abr
23

Pesquisa revela as marcas mais amadas pelo consumidor

Estudo encomendado pelo Centro de Inteligência Padrão (CIP) e produzido pela Officina Sophia aponta a preferência do consumidor por empresas associadas à moda e design

Mais do que admiração, alguns consumidores têm uma verdadeira relação emocional com determinadas marcas. Esta é apenas uma das conclusões da pesquisa “Marcas Mais Amadas 2014”, encomendada pelo Centro de Inteligência Padrão (CIP) e realizada pela consultoria Officina Sophia. Dentre todas as dimensões avaliadas, a empresa que conquistou o título de marca mais amada do Brasil foi a “O Boticário”.

“Trata-se de uma empresa que investe muito em inovação e beleza. Em uma cultura como a brasileira, que valoriza os cuidados com o corpo, trabalhar a autoestima como DNA da marca foi fundamental para consagrá-la a mais amada”, afirma o especialista internacional em relações de consumo e varejo, Roberto Meir.

Para a realização da pesquisa, foram avaliados 40 atributos relacionados a temas como qualidade do produto, identidade aspiracional, disposição dos clientes em investir recursos, presença ativa nas redes sociais, lealdade dos consumidores, apego emocional com a marca, entre outros. Para Meir, “assim como a ‘O Boticário’, as empresas cujos produtos se associam à moda e design criam uma maior identificação com o consumidor. Elas conseguem gerar uma impressão sensorial nas pessoas e se conectam emocionalmente com os clientes”.

Foram realizadas 1.472 entrevistas, durante o mês de fevereiro deste ano, entre as principais regiões do país: São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto, Sorocaba, Jundiaí, São José dos Campos, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Porto Alegre e Curitiba. A avaliação considerou as classes socioeconômicas A, B e C e foi composta por homens e mulheres, entre 18 a 59 anos.

Confira abaixo as 10 primeiras colocadas no ranking das marcas mais amadas do Brasil em 2014:

RANKING POR SEGMENTO

Artigos Esportivos

Posição

Empresa

Pontuação

Nike

94,2

Adidas

62,2

Lacoste

52,7

Olympikus

49,0

Oakley

44,3

Automóveis

Posição

Empresa

Pontuação

Ferrari

91,1

BMW

84,0

Porsche

82,9

Lamborghini

76,9

Land Rover

74,0

Bancos

Posição

Empresa

Pontuação

Caixa Econômica Federal

35,0

Banco do Brasil

33,6

Itaú

17,2

Bradesco

6,6

Santander

-7,1

Bolsas

Posição

Empresa

Pontuação

Louis Vuitton

102,7

Tommy Hilfiger

95,3

Calvin Klein

93,8

Chanel

90,7

Victor Hugo

85,6

Curso rápido Online de Calçados
com foco nos materiais para
produção: 165,00 R$

 

Calçados Femininos

Posição

Empresa

Pontuação

Prada

99,7

Gucci

99,6

Chanel

71,0

Vizzano

58,0

Arezzo

57,0

Celulares

Posição

Empresa

Pontuação

Samsung

91,4

Apple

74,9

Sony

56,2

Nokia

52,7

Motorola

19,3

Cervejas

Posição

Empresa

Pontuação

Skol

69,0

Stella Artois

47,0

Original

32,7

Budweiser

26,2

Heineken

25,8

Companhias Aéreas

Posição

Empresa

Pontuação

TAM

48,8

British Airways

47,8

Emirates

24,2

TAP

23,1

Azul

22,5

Cosméticos

Posição

Empresa

Pontuação

O Boticário

131,7

Natura

117,0

L’Oréal

78,5

Nivea

69,0

Avon

51,7

Redes de Roupas

Posição

Empresa

Pontuação

Zara

37,3

Americanas

33,6

Riachuelo

18,9

Renner

12,9

Hering

12,1

Hipermercados/ Supermercados

Posição

Empresa

Pontuação

Extra

33,4

Carrefour

22,5

Walmart

17,8

Pão de Açúcar

14,9

Bom Preço

-3,8

Jeans

Posição

Empresa

Pontuação

Levi´s

69,4

Diesel

63,4

Calvin Klein

58,2

M. Officer

56,2

John John

52,4

IBModa promove curso online de design de jóias, clique para saber mais.

Curso rápido Online de
Design de Joias.
165,00 R$

Joias

Posição

Empresa

Pontuação

Vivara

94,3

Swarovski

90,7

H. Stern

88,8

Tiffany & Co.

65,9

Cartier

60,7

Moda Feminina

Posição

Empresa

Pontuação

Chanel

85,7

Hering

77,6

Dolce & Gabbana

76,2

Calvin Klein / Gucci

74,4

Morena Rosa

69,4

Moda Masculina

Posição

Empresa

Pontuação

Oakley

43,5

Giorgio Armani

39,9

Lacoste

37,3

Hugo Boss

37,1

Calvin Klein

23,3

Notebooks

Posição

Empresa

Pontuação

Apple / Sony

78,1

Samsung

73,1

Dell

58,6

HP

36,9

LG

28,5

Operadoras de Telefonia Fixa

Posição

Empresa

Pontuação

GVT

19,6

NET

-1,2

Oi

-5,7

Vivo/Telefônica

-11,3

TIM

-16,2

Operadoras de Telefonia Móvel

Posição

Empresa

Pontuação

Vivo/Telefônica

11,7

GVT

3,7

Nextel

-2,9

Oi

-6,4

Claro

-14,3

Perfumes

Posição

Empresa

Pontuação

O Boticário

91,0

Dolce & Gabbana

73,2

Christian Dior

68,5

Giorgio Armani

67,9

Chanel

66,3

Produtos Alimentícios

Posição

Empresa

Pontuação

Nestlé

102,4

Sadia

86,6

Perdigão

68,4

Unillever

64,1

PepsiCo

40,5

Refrigerantes

Posição

Empresa

Pontuação

Coca-Cola

88,4

Guaraná Antarctica

78,2

Fanta

38,1

Sprite

29,8

H2OH

27,3

Relógios Masculino

Posição

Empresa

Pontuação

Rolex

99,6

Mont Blanc

97,5

Calvin Klein

77,0

Armani

71,0

Omega

66,4

Seguros de Automóveis

Posição

Empresa

Pontuação

Porto Seguro

53,3

SulAmérica Seguros

32,3

Zurick Seguros

23,4

Itaú Seguros

20,2

Bradesco Seguros

17,9

TV por Assinatura

Posição

Empresa

Pontuação

SKY

32,4

NET

14,2

Claro

-15,1

VIVO TV

-25,8

Oi

-31,5

Postos de Combustível

Posição

Empresa

Pontuação

BR/Petrobrás

42,9

Ipiranga

26,7

Shell

18,8

Esso

-16,8

Texaco

-17,1

Moda Sandálias

Posição

Empresa

Pontuação

Havaianas

101,8

Ipanema

33,0

Rider

12,6

Crocs

-22,0

Dupé

-35,5

BANDEIRA de Cartão de Crédito

Posição

Empresa

Pontuação

Visa

86,3

Mastercard

80,7

Amex (American Express)

23,1

Hipercard

7,2

Elo

-10,7

Operadoras de Banda Larga

Posição

Empresa

Pontuação

GVT

16,2

Net

11,5

Vivo / Telefonica

-12,0

Oi

-16,8

TIM

-26,4

Eletrodomésticos

Posição

Empresa

Pontuação

Samsung

94,7

Brastemp

76,6

Philipps Walitta

47,0

Electrolux

46,8

Semp Toshiba

43,4

 

fev
27

Tendência do mercado digital

Ontem, no auditório do Ibirapuera o Terra promoveu o Órbita, onde reúniu importantes nomes do mercado publicitário e formadores de opinião. Foi também espaço para apresentação do Novo Terra, mais moderno e interativo.

Os temas abordados foram:
Viewability (tendência que está mudando a forma de comprar, avaliar e vender a publicidade digital).
Personalização (que promete tornar a entrega de conteúdo e publicidade muito mais assertiva).
Vivemos mergulhados em informações, o desafio agora é primeiramente expor apenas o essencial, caso o cliente se interesse, ai sim, expor todo o conteúdo possível sobre o assunto.

 Inovação & flexibilidade podem melhorar o modo de contar histórias. O cliente tem a voz, ele quem conta a experiência da marca. O mercado está se adaptando aos consumidores. Tanto em desempenho de entrega do produto, como ( e principalmente) na comunicação com ele. O debate trouxe um caminho em comum: empresas em que deixam o cliente contar a sua experiência, suas impressões sobre a marca tem mais valor para o consumidor. Estamos na era da valorização do individuo. Agora mais do que nunca quem tem voz é o cliente.

consumidores

Participaram dos debates, executivos do Terra, e: o head de Tecnologia de Publicidade & Soluções em Vídeo da Adobe, Noah Levine; o VP da Comscore, Scott Joslim; o diretor de Criação André Matarazzo; a gerente de Mídia da Unilever, Bruna Almeida; e o fundador da Netshoes, Marcio KumruianMarcelo Lobianco, VP executivo do IAB, mediará o debate sobre personalização, e José Saad Neto, do Grupo Proxxima, o de viewability. Já Fernando Campos, presidente do Clube de Criação estará à frente da conversa sobre inovação.

1966220_10151910727222041_281709790_o (1)

Na programação do Órbita, o Terra apresentará seu novo layout e formato de entrega de conteúdo e publicidade. Os presentes receberão acesso à versão beta do que, internamente, está sendo chamado de Novo Terra. “Temos no DNA a inovação, e o Novo Terra vai ao encontro da evolução do comportamento do usuário de internet. Vamos embarcar neste movimento, oferecendo o que o usuário procura, de forma cada vez mais assertiva”, comenta Paulo Castro, CEO Global da companhia.

A novidade tem caráter global e exigiu uma mudança completa na plataforma de CMS e de entrega de páginas. A virada para audiência geral inicia no Brasil, Estados Unidos e México, em 31 de março. Nos demais países onde o Terra atua a novidade começa a operar em maio.

NovoTerra_Home

Conteúdo
Baseado no estudo de comportamento do usuário, o Terra enxergou uma mudança na lógica como o usuário busca e explora assuntos de seu interesse na web. Ou seja, ele chega aos sites noticiosos a partir de diversas portas: ao ter despertado seu interesse por determinado assunto, por exemplo, usa buscadores atrás de mais informações ou tomam conhecimento do fato via redes sociais e, então, chegam ao Terra para consumir o conteúdo. Pensando neste processo e visando oferecer mais conteúdo que interessa àquele usuário que chegou ao Novo Terra, entre outras inovações, terá apenas três tipos de páginas: Assunto (página que reúne todos os artigos relacionados a um mesmo tema), Conteúdo (a página daquela notícia específica) e Capa (home).

Segmentação e personalização
Dotado de informações de navegação do usuário (cookies), logins e de parceiros, o Novo Terra será capaz de entregar publicidade e conteúdos segmentados para cada visitante, dependendo de seu perfil. Com isso, os conteúdos vistos em cada perfil são divididos em três grupos: ‘MEU’ são conteúdos, editorial e publicitário, próximos e relevantes para o usuário; ‘SEU’, com conteúdos chancelados pelo Terra e que são importantes para todos os perfis; e ‘NOSSO’, conteúdos do Terra chancelados pelos usuários nas redes sociais (like, comment, share).

Publicidade e formatos
Com scroll infinito e layout responsivo para os diversos devices de onde poderá ser acessado, o inventário do Novo Terra disponibilizará formatos publicitários em diferentes posições para cada perfil de usuário, em busca da máxima atenção do usuário. Todos os formatos de publicidade oferecidos ao mercado serão formato IAB, com exceção do ‘Parallax’, espaço de alto impacto que prende 100% de atenção do usuário, desenvolvido pelo Terra. Todos os espaços publicitários aceitarão vídeo (inclusive do Youtube) em seu conteúdo.

fev
12

O universo de sedução em todas as idades

Lingerie é a moda da vez!

Conquistar o publico já não é mais a tarefa, mas sim,  incluir o público em seu universo.

A marca americana American Apparel, possui um posicionamento voltado para ousadia e liberdade. E expressa-se de maneira muito legitima em suas campanhas polemicas. Vale lembrar, muitas delas já foram vetadas no Brasil pelo apelo sexual muito explicito. Agora, em sua mais recente coleção traz um case nada convencional e muito criativo com lingeries expostas por uma modelo de 62 anos.
american-apparel-old-jacky
Não por menos, a marca holandesa, C&A, que carrega em sua identidade e slogan a bandeira de ousadia, lançou nova coleção de lingerie, com modelos inspirados nas ultimas coleções internacionais. Para campanha de divulgação utilizou peças com rendas, laços e estampas de animais e clima divertido, brinca com a modelo sendo uma sedutora como brincadeira.bv_lin04_nota_02bv_lin04_nota

E aí, será que esse universo de sedução em todas as idades vende? 

out
15

Por Dentro Do Congresso – CINM

Ser verdadeiro é marketing ou filosofia?

O ambiente do CINM – Congresso Internacional de Negócios da Moda estava sem dúvidas voltado para a verdade. Pelos corredores o murmurinho era o espanto com a nova era do marketing. Era esta que exige da marca e do produto essência e um conjunto de valores tanto imagéticos quanto ideológicos. O conteúdo criativo hoje significa tudo ou nada. Isso porque o consumidor se tornou mais informado e dono da sua própria verdade. Ele obviamente está atrás das marcas que o represente em valores com os quais mais se identifica.
Mas fica no ar a dúvida sobre a novidade do discurso, que nos remete muito ao “do it yourself” dos anos 90. Não sabemos se o fato do público ser formado em geral por um quorum composto de pesquisadores e antenados de outras localidades peculiares e culturas regionais pode ter contribuído na questão do espanto. Curiosamente estes profissionais estão mais a procura do novo e menos acomodados, ao contrário do público das grandes metrópoles que de certa forma parece acreditar que suas fórmulas prontas bastam.
Para muitos dos palestrantes este é um pensamento controverso. Pois a necessidade de inovação, pesquisa e novidade é constante e crucial para se alcançar uma verdade que não envelheça e acompanhe o consumidor que está mais voltado para sua vontade momentânea como uma verdade, revelando um perfil mutável e flexível.
Essa discussão tomou conta de uma das mesas do Congresso Internacional de Negócios da Moda. E assim, marcas como Farm, Reserva e Granado  exemplificam esse fator da verdade como essência da marca, tornando esta comunicação clara tanto para clientes, quanto para funcionários e até fornecedores. Gerando identificação com o público-alvo e atração para aqueles que gostariam de consumir a atmosfera única do universo dessas marcas.
O mais incrível é ver como um Congresso que se mostrou voltado para os negócios, nos provou por A mais B que a chave do êxito está na criatividade, prima que se mostrava tão distante dos números. A rentabilidade agora está ligada a espiritualidade do negócio. Chegou a hora de se conquistar pela essência e não mais pela tendência, que pode ser interpretada como alienação tanto do produtor quanto do seu consumidor.
Estamos apontando para o futuro, ou apenas colocando em prática o que já deveria estar inserido a muito tempo no dia a dia das marcas? Fato concreto, é que as empresas que apostam nesta verdade estão se revelando grandes nomes e referência quando o assunto é o tão obscuro e quase indecifrável fashion business.

set
04

Gisele em ação, soltou a voz e abriu as portas da mansão Bündchen

Gisele salva o mundo, solta a voz e abre as portas da mansão Bündchen.

Ícone brasileiro fashion e da luta pela sustentabilidade Gisele Bündchen estrela a nova campanha da H&M cantando The Kinks.
A faixa “All Day and All of the Night” já está disponível para download no Itunes, e como não poderia deixar de faltar ativismo, cada download da faixa é revertido em uma doação para a Unicef.
E ficou genial. Gisele arrasou além das passarelas e o cover já tem sido paparicado internet a fora. E cá entre nós, também paparicamos ela por aqui!
Além disso, recentemente Gisele reformou a mansão onde mora com o marido, Tom Brady, para que a propriedade se tornasse ecologicamente correta. Os fãs poderão conferir uma visita completa na edição de outubro da revista Architectural Digest.

Só pra finalizar com uma curiosidade: Bündchen também é estrela de desenho animado. Em 2011 estreou no Cartoon Network, a série ‘Gisele e a Equipe Verde’ onde a diva das passarelas e seu time de super garotas combatem crimes ambientais.

Gostou?
Clique aqui para conferir a faixa  All Day and All of the Night.

Gisele For H&M - Behind the Scenes with Gisele Bündchen

Gisele For H&M - Behind the Scenes with Gisele Bündchen

 

ago
22

Olhando para eles – Novos formatos de negócio.

Novos modelos de negócio aparecem todos os dias. Hoje demos de cara com um muito interessante!

Imaginem vocês, que mais do que nunca as marcas estão olhando para eles. Sim, é o público masculino tomando conta do pedaço. Depois de pesquisas de longa data, marcas descobriram que o homem acha muito cansativo e maçante sair as compras, mesmo quando se trata de itens básicos da boa sobrevivência (novidade…). E quando eu digo básico acreditem que a coisa é séria, entre eles estão: roupas, cuecas, espuma de barbear, entre outros.
E lá vem a problemática pro marketing: o consumidor prefere jogar vídeo game, futebol, dormir, ir pra casa da sogra do que ir dar uma olhada na prateleira. Quem pensou que desta problemática a solução mais inteligente era contar com a parceira comprando e bolou planos para fisgá-la pensou pequeno.
Em tempos de e-commerce, o nosso rapaz tem agora a liberdade de montar um kit de online com todos os itens básicos e programar de quanto em quanto tempo quer recebê-lo. E não se iluda pensando que depois de ler a pauta você será o primeiro a colocar as mãos na galinha dos ovos de ouro. No Brasil, a Rabixo (rabixo.com.br) já está nos negócios com esta atividade. Em outros sites (internacionais) é possível até mesmo que um consultor de moda envie roupas que se encaixem melhor com o estilo do consumidor de acordo com sua avaliação em compras anteriores. Não é o máximo?

ago
20

A Moda no Brasil era Modinha?

O cenário da moda brasileira está em constante mudança. E recentemente o espírito é apreensivo. De fato, a falência de grandes marcas e nomes da moda brasileira tem gerado o maior clima de desconforto.

A moda brasileira era só modinha?

Ao longo dos últimos anos vimos marcas que deram o sangue para conseguir  impulsionar o mercado fashion brasileiro. E por um momento conseguiram com excelência. Então por que de repente parece que a casa está caindo? Falta de incentivo? Entrada das marcas estrangeiras? Ou não estamos fazendo a lição de casa?

Muitos estilistas estão colocando seus nomes e marcas à venda, praticando uma reinvenção completa de estratégia e de marketing. Embora pareça um caminho escolhido, sabemos que não é bem assim. Muitos estão sendo praticamente arrastados para ‘uma nova fase’, para o ateliê quando dispostos a confeccionar sob medida ou para projetos paralelos, quando existe valor agregado a marca . Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.

“_A Neon não acabou. Mas Dudu Bertholini e eu fechamos o ateliê. Vamos continuar com a marca, fazendo coleções pontuais, desde que bancadas por algum parceiro ou investidor.” – Rita Comparato

“_Nossa ideia é transformar a Neon em uma agência de branding e agregar valores aos nossos produtos, com novos parceiros e até mesmo marcas.” explica Dudu Bertholini

“_Optei por isso, porque estava com muita vontade de fazer o sob medida. As pessoas que entram aqui acham que é um formato mais moderno e, por incrível que pareça, o lugar é super simples, não tem aquela ostentação de uma loja sofisticada.” – João Pimenta

“_Na moda, nego dá uma deslumbrada, às vezes, e quando o negócio aperta, não dá conta de fazer o que é preciso… Está difícil para o mundo da moda brasileira. Os consumidores, em geral, querem comprar roupas baratas. E ainda tem a invasão das marcas internacionais.” Isabela Capeto

_Nem este cabide me pertence mais” Alexandre Herchcovitch

Basta! Chegou a hora de se reunir e entender melhor o que está tirando a moda do eixo no Brasil. Averiguar a problemática e descobrir soluções futuras.
Deste desconforto surgiu o CINM – Congresso Internacional de Negócios da Moda. Reunindo mentes borbulhantes de todas as partes do mundo, palestras, apresentações de trabalhos, novos talentos, na mesma atmosfera para dar um basta na atual sensação de ‘saco cheio’.

Venha viver essa experiência conosco. Faça parte do CINM e contribua com o germinar da revolução no pensar e fazer nos negócios da moda.

ago
14

Criatividade que Atrai e Repele

O universo dos criadores não tem limites. Principalmente para os curiosos que buscam informação em referência nos materiais mais inusitados. É deste nicho que surgem as peças revolucionárias, únicas e memoráveis que compõe as passarelas, pautas, livros e produções mundo à fora.

Caso parecido é este da nossa pauta do dia. A estilista Iris van Herpen, em parceria com o designer Jolan Van Der Wiel apresentou sua nova coleção com um conceito inédito de deixar Björk e Lady Gaga declaradamente de queixos caídos. As peças foram confeccionadas à partir de uma mistura de limalha de ferro com resina de tecido e receberam ação de diversos imãs que deram vida as demasiasas formas a partir da ação do magnetismo.

Van der Wiel, o artista, já é conhecido por este tipo de trabalho em suas obras. Diversas delas possuem formas e texturas semelhantes as da coleção.
“A técnica ainda usa magnetismo, mas com um novo material que é muito mais flexível e tátil, como uma pele peluda que é suave ao toque”, disse ele.

Van der Wiel comentou que a intenção era que a peça pudesse crescer ao vivo no corpo da pessoa. Porém a idéia se tornou muito complexa e até mesmo  perigosa para os modelos. Em média cada peça demorou três semanas para crescer.

“O primeiro vestido que fizemos foi moldado como a lua”, disse van Herpen.
“Com o segundo, eu queria que o material a crescesse em todo o corpo mais organicamente.”  disse a estilista.

Clique aqui e confira matéria feita pela Deezee sobre o trabalho de Van der Wiel.

Mais uma prova de que parcerias criativas sempre trazem resultados admiráveis em sua essência.
E vocês, gostaram?

   

 

Posts mais antigos «